Igreja Evangelica Jesus Cristo é o Senhor: Junho 2012

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Somente Jesus Cristo Salva


Somente Jesus Cristo Salva



Guardai-vos dos cães, 
guardai-vos dos maus obreiros,
guardai-vos da circuncisão;
Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Jesus Cristo, e não confiamos na carne



O apóstolo Paulo, em sua carta aos filipenses, exorta-os a se guardarem dessas três classes de pessoas que compõem o cenário de perigo à genuína fé cristã nesse século mau. Saber identificá-los e excluí-los do círculo de confiança são prerrogativas na conservação da fé e das doutrinas bíblicas.
A primeira classe é fácil de identificar, pois semelhantemente aos cães, se comparam a animais irracionais que avançam contra nossa fé em Jesus e na Palavra de Deus, como cães furiosos. Para esses não insista em pregar, pois é o mesmo que dar coisas santas aos cães. Já os maus obreiros, vem a nós sempre vestidos em pele de cordeiro, aparência mansa, recitando a Palavra de Deus, mas sempre no intuito de levar vantagens, seduzir, prejudicar, enganar e derrubar o verdadeiro cristão. E o pior de tudo é que realmente chegam a imitar cristãos e obreiros cheios do Espírito Santo. Mas a Palavra de Deus ensina que pelas obras os conhecereis. O mau obreiro serve aos propósitos do diabo, nunca aos do Espírito Santo. Ele não edifica, destrói. São pessoas que tem um comportamento dentro da igreja e somente para serem vistos e admirados, mas na verdade vivem uma vida completamente avessa aos ensinos bíblicos em sua vida particular, quando longe dos olhos dos irmãos.  Por último, Paulo aconselha a Igreja de Jesus a se guardar da chamada "circuncisão". Essa classe era formada por judeus do tempo apostólico que se vangloriavam de serem os únicos na presença de Deus, com a melhor doutrina e a melhor religião. Não recebiam o Evangelho e trabalhavam para deturpá-lo e destruí-lo. A circuncisão pregava os ritos judaicos e queriam levar a Igreja de Jesus à prática das obras do judaísmo. Isso acontece até nossos dias, com muitos tentando conduzir os crentes a guardar o sábado, as festas judaicas e outros ritos do Antigo Testamento. Mas esquecem-se que a rejeição de Cristo por Israel colocou um fim no pacto mosaico e nos deixou claro que agora temos uma Nova Aliança no Sangue do Cordeiro de Deus. Cristo substituiu a velha aliança para com Israel por uma Nova Aliança, que abriu a todos a mesma oportunidade de Salvação. Tanto judeus como gentios devem se arrepender e confessar fé em Jesus Cristo e nos seus ensinamentos, para alcançarem a Salvação. 
Como o judaísmo não permaneceu na lei de Moisés, Deus considerou quebrado o pacto do Antigo Testamento: 
Porque, repreendendo-os, lhes diz: Eis que virão dias, diz o Senhor, Em que com a casa de Israel e com a casa de Judá estabelecerei uma nova aliança,Não segundo a aliança que fiz com seus pais No dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; Como não permaneceram naquela minha aliança, Eu para eles não atentei, diz o Senhor.Porque esta é a aliança que depois daqueles dias Farei com a casa de Israel, diz o Senhor; Porei as minhas leis no seu entendimento, E em seu coração as escreverei; E eu lhes serei por Deus, E eles me serão por povo; Hebreus 8:8-10
E Paulo conclui assim o tema "circuncisão": Quem está na circuncisão somos nós, que servimos a Deus "em Espírito", nos gloriando em Jesus Cristo e não confiamos na carne. Sabemos que a carne almeja sempre o conforto, as riquezas e os prazeres. Ceder aos apelos do corpo físico afasta o Espírito. Por outro lado, hoje, ceder à carnalidade também é ceder às práticas e aos ensinos  religiosos quer do judaísmo, quer de falsas religiões, que sempre rejeitam adorar a Deus em Espírito e em Verdade, pois não conseguem se libertar dos ritos que em nada aperfeiçoam nem transformam o caráter daquele que os pratica. Ceder ao judaísmo ou à filosofia de religiões que ensinam práticas e formas de culto novas e diferentes do que a Igreja Primitiva nos apresenta é afastar o Espírito Santo de nossas vidas. A base bíblica da fé e da adoração verdadeira está no Evangelho. Aqueles que deixam os fundamentos apostólicos também saem da presença de Deus. Paulo fala sobre essa luta entre o andar em Espírito e o andar segundo a carne, em Romanos 8:1,2 e 14. Ele enfatiza que os filhos de Deus são somente aqueles não cedem e não andam segundo a carne e, portanto, são a verdadeira circuncisão nos termos do Evangelho:

Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.

Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.

Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.

Jesus também acrescentou à mulher samaritana o ensino da verdadeira circuncisão, quando anunciou a ela a adoração "em Espírito e em Verdade":
Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai.

Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

A mulher disse-lhe: Eu sei que o Messias (que se chama o Cristo) vem; quando ele vier, nos anunciará tudo.

Jesus disse-lhe: Eu o sou, eu que falo contigo.

Portanto, guarde-se dos incrédulos (cães) quando rejeitam a Palavra de Deus; não insista, porque poderão avançar contra sua fé.
Guarde-se dos falsos obreiros, que já são numerosos e não passam de joio no meio do trigo; eles também falam de Deus, louvam a Deus, mas não praticam a Palavra de Deus:
Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.1 Coríntios 6:10
Guarde-se da circuncisão, não somente a judaica, mas de todo aquele que lhe afirmar que você só estará realmente salvo aderindo à denominação preferida dele. Somente Jesus Cristo Salva! Jesus não outorgou a Salvação a nenhuma religião. Aprenda isso: religião nada mais é do que a forma de culto agradável a Deus, ou seja, é servir a Deus em Espírito e em Verdade seguindo as doutrinas do Evangelho e rejeitando as falsas doutrinas criadas por homens. Essa é a forma de culto agradável a Deus: ler, ouvir, meditar e praticar a Palavra de Deus. Quem faz isso presta culto agradável ao Senhor e, onde houver dou ou mais reunidos no seu nome, Ele estará ali, no meio deles.
Más a circuncisão de nossos dias,  não aquela judaica, mas a circuncisão filosófica e moderna, insiste em ensinar suas falsas doutrinas, afirmando que Jesus só pode se encontrado entre as quatro paredes de seus templos. Estes são, à semelhança do judaísmo, a circuncisão moderna e filosófica, que erra por seguir a mesma linha do pensamento judaico. Nova Circuncisão é Servir a Deus Em Espírito e Em Verdade. Sem a obediência à direção do Espírito de Deus, especializam-se em afastar-se dos fundamentos bíblicos mais e mais. Mas como solução para a libertação total o Evangelho nos conduz a seguir o exemplo e o testemunho de fé do apóstolo Paulo. Paulo foi liberto pessoalmente por Jesus Cristo, aprendeu a lição do Antigo Testamento e também do Evangelho, e foi aperfeiçoado por Deus para ser "luz dos gentios"!  Por isso, devemos ouví-lo quando nos exorta a servimos unicamente a Deus, libertando-nos de todas as algemas de satanás, do mundo, das religiões que compõem o falso sistema religiosa mundial, sentenciado por Deus à destruição em Apocalipse 17 e 18. Também nos ensina a quebrar as algemas de nossa religião preferida, como ele mesmo fez, como forma de receber e servir a Cristo em toda sua plenitude.  A religião preferida por todo aquele que quer ser um cristão verdadeiro deve ser sempre a Palavra de Deus. Somente seguindo a Palavra de Deus é que podemos encontrar a verdadeira santificação(=separação dos erros e das mentiras). E a santificação decorre de "andar em Espírito em Em Verdade", porque Deus, o Pai, procura aqueles que assim andam, como andavam seus servos desde os primórdios dos tempos -João 4:24. Por isso, ser realmente liberto custa caro. Paulo pagou um alto preço, que lhe custou o cargo de Comandante das tropas de Jerusalém, custou seus amigos, custou seus bens, custou sua religião preferida, custou sua liberdade, custou açoites, custou sofrimentos, custou sonhos, custou anseios, custou prisões. Enfim, custou sua própria vida, fazendo-nos lembrar da palavra que diz: E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim. Mateus 10:38. Então, aprenda com Paulo e liberte-se também, servindo somente ao Evangelho. Examine as Escrituras e veja qual é o verdadeiro Evangelho e se sua religião preferida está realmente alicerçada nele. Peça ajuda ao Espírito Santo para que o guie nessa tarefa. Não se iluda e não se deixe guiar por homens e denominações que já perderam a direção do Espírito Santo. Servir a Deus segundo o Evangelho é a verdadeira religião. Perca a ilusão com grandes templos,  placas, denominações, ícones de grandes movimentos religiosos, pois não passam de  formas modernas de idolatria. Lembre-se que somente Jesus continua tendo o poder de salvá-lo. Isso não é prerrogativa de uma denominação, nem de um pastor, mas é e sempre será somente de Jesus Cristo. SOMENTE JESUS CRISTO SALVA. E somente seremos filhos de Deus quando libertos de todas essas algemas, passando a serví-lo em espírito e em Verdade. Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça. - João 7:24. Examinai as Escrituras, porque vós cuidas ter nelas a vida eterna e são elas que de mim testificam, aconselhou Jesus Cristo aos seus discípulos. Siga o conselho bíblico do Mestre. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça o que o Espírito e a Palavra de Deus nos dizem.

A Porta do Céu


A Porta do Céu


Disse Jesus:
Eu sou a porta
Quem entrar por mim salvar-se-á.
João 10:9

Quando vemos pessoas experimentando tudo quanto é tipo de solução espiritual para seus problemas, ficamos esperando pelo momento de apresentarmos a única solução real e verdadeira: Jesus. São tantos no mundo batendo às portas da feitiçaria, bruxaria, espiritismo. Uma infinidade de portas que chegam a milhares. Religiões de todo tipo, para todos os gostos. Sejam orientais ou ocidentais, todas tem enganado a humanidade com presteza. Escapar delas e descobrir o único e verdadeiro Deus não é privilégio de muitos e revela-se, para alguns, uma tarefa árdua que pode levar uma vida inteira, mas que poderia ser abreviada, se nos dessem ouvidos.
Deuses de todos os tipos, que apenas enganam o homem, impede-nos de chegar à única porta que nos dá acesso direto a Deus. É disso que Jesus Cristo está falando no Evangelho de São João, capítulo 10. Ele deixa bem claro que todos os homens que vieram antes dele eram "enganadores" e que, depois dele, nenhum outro Messias seria enviado à terra. Jesus é único, por isso Deus o chama "unigênito". O único gerado com o propósito de ser o "messias prometido por Deus". Depois dele nenhum outro haverá para nós, crentes, que conhecemos e cremos das Escrituras Sagradas. Mas para a humanidade ainda virá um "novo messias", que Apocalipse chama de "anticristo". Nele crerão, por não darem atenção aos avisos das Escrituras Sagradas. Não poderão se desviar de mais esse engano de satanás, visto que rejeitam os avisos e os conselhos bíblicos. Jesus é o divisor de águas, separando de um lado os justos e, de outro, os incrédulos, que seguem toda sorte de falsas religiões e espiritualidades inúteis, por não lerem e não crerem na Bíblia Sagrada. Busque a Deus conforme ensinam as Escrituras Sagradas que você recebe. As outras portas, criadas por satanás ou por homens enganadores, não lhe poderão fornecer a cura ou perdão de pecados e, menos ainda, salvação e vida eterna. Não continue experimentando tudo quanto é porta de falsas religiões. Não fique batendo e abrindo qualquer porta. Conheça o único e verdadeiro Deus que está em Jesus Cristo, reconciliando o mundo consigo mesmo. Palavra de homem, sim, mas de um homem que encontrou O Deus Verdadeiro. Venha para Jesus Cristo você também, e coloque sua vida em segurança e paz

O Inimigo e o Seu Mal


Filhos do Diabo

Existe uma raça na terra que, aos olhos de Deus, compõem a descendência espiritual de satanás. Eles o são por escolha própria e refletem a sutil destreza do pai em enganar e mentir. São os filhos do diabo. Embora fisicamente semelhantes aos filhos de Deus, trazem em seu interior toda a malícia com que satanás ardilosamente subverteu a Palavra de Deus desde o jardim do Éden. Os filhos do diabo são mestres em torcer as Escrituras Sagradas, sempre produzindo morte espiritual. O diabo é o pai da mentira e seus filhos se esforçam por fazer da mentira a verdade para toda a humanidade.
Jesus os identificou em João 8:44: Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira. - João 8:44A Igreja de Jesus, que tem por obrigação anunciar a Verdade do Evangelho, tem fracassado muito em sua missão, tanto que o mundo está totalmente em trevas e moldado à imagem e ao gosto de satanás. Os filhos do diabo se contrastam com os filhos de Deus assim como a pedra comum se contrapõe ao brilhante. Um é lapidado em entendimento, sabedoria e caráter, enquanto o outro segue a natureza, opaco e sem brilho. Um reflete a luz com maestria e beleza... O outro permanecerá sempre sem brilho, ou seja, sem capacidade de refletir a luz. Os filhos do diabo jamais conseguem estampar em si mesmos a Luz da Palavra de Deus!
O mundo dos filhos do diabo
O mundo idealizado por satanás é oposto aos planos divinos, desde que ele intentou superar o próprio Criador. Suas idéias diferenciadas fizeram desse anjo caído o principal opositor de Deus e da raça humana. Quando descobriu que, da raça humana Deus faria "filhos" à sua imagem e semelhança, o diabo passou a ser o inimigo número um da humanidade. Por quê? Porque a nós, Igreja de Jesus, foi dada a promessa de sentar no trono do Pai, o Criador. Como esse era o sonho de satanás, que, por ser o maioral nos céus, se julgava o herdeiro direto do trono, os planos divinos de moldar filhos através da raça humana colocou a própria raça humana como obstáculo aos planos de Lúcifer. Isso despertou em satanás os piores sentimentos de inveja e ódio. Por isso, desde o princípio, satanás trabalha não para mostrar a verdade do Evangelho aos seres humanos, mas para desvirtuá-lo, para todos percam o direito de serem chamados "filhos de Deus". E o pior é que, para Deus, todos quantos não forem feitos filhos de Deus, automaticamente serão filhos do diabo. Explico: a palavra diabo quer dizer opositor de Deus; e todos quantos não receberem o Evangelho, que é a forma pela qual Deus estabeleceu quais pessoas ele considerará por filhos, serão considerados opositores de Deus, opositores do Evangelho, opositores da Salvação, agindo como satanás agiu, pelo que serão considerados filhos do diabo. Por isso, o diabo se esforça com seus demônios, por moldar o mundo através do pecado e não através do Evangelho. Ele bem sabe que, moldando o mundo à imagem do pecado fará com que todos percam o direito ao paraíso celestial. Ele já perdeu seu direito de "filho de Deus" e agora trabalha para que você perca o seu direito também e seja aliado dele na luta contra Jesus Cristo. Contudo, nessa luta entre a Luz e as trevas, o vencedor será Jesus Cristo: Ele destruirá por completo toda a descedência espiritual do diabo, contra ele reunidos em batalha, no dia da vingança profetizado por Isaías, no capítulo 63:4. Esse mundo, moldado por satanás, será desfeito por completo nessa última batalha. Os vencidos serão todos lançados no lago de fogo e, os vencedores, herdarão as promessas do Evangelho.
Perdendo o paraíso terrestre
No jardim do Éden, a serpente, usada por satanás, torceu o conselho divino ao casal Adão e Eva. Eva recebeu a opinião de satanás como uma verdade e a abraçou confiando que Deus lhes teria mentido. E assim desobedeceu o único mandamento que Deus dera ao casal. Eva havia rejeitado a palavra de Deus e confiado no conselho de satanás, dado através de uma sessão mediúnica na qual falou através da serpente. As consequências foram trágicas para toda a humanidade; o casal primitivo perdeu seu lugar no Jardim do Éden, a mulher ganhou dores no parto e perdeu sua igualdade diante de Deus. Afinal, ela havia sido o pivô do pecado que lançou a humanidade para fora do paraíso. Os filhos de Adão e Eva jamais conheceram o paraíso. Todos nós perdemos o direito ao paraíso terrestre. Todos quantos insistem em rejeitar os conselhos divinos contidos na Bíblia Sagrada perderão, igualmente, o direito a todas as suas promessas de Salvação e Vida Eterna.
Perdendo o paraíso celestial
O diabo continua agindo no mundo, sem mudar seu modus operandi. Continua mentindo e enganando a descendência de Adão e Eva, para que desobedeçam a Palavra de Deus que está no Evangelho de Jesus Cristo e percam seu direito à salvação e à vida eterna no novo paraíso que Deus preparou para todos quantos forem feitos filhos de Deus: a Nova Jerusalém. Ela é a capital do Reino de Deus, o lugar onde os filhos de Deus, gerados pela Palavra de Deus, terão sua morada eterna, reconhecidos como filhos pelo próprio Deus, pois lhe são imagem e semelhança. Todos quantos rejeitarem a proposta do Criador, contida nas promessas do Evangelho que Cristo anunciou ao mundo, serão considerados filhos do diabo e receberão o mesmo destino que o pai da mentira.
O novo Paraíso
No novo paraíso do Evangelho, os filhos de Deus habitarão com o Pai e lá Ele aniquilará a morte para sempre, e enxugará...as lágrimas de todos os rostos, e tirará o opróbrio do seu povo de toda a terra - Isaías 25:8. Com maior abrangência, Apocalipse 21:4-8 nos revela a promessa:
E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.
E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.
E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.
O vencedor herdará todas essas coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.
Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.
Para ser esse vencedor receba Jesus Cristo como seu Salvador. Deixa Jesus te moldar, lapidar e transformar seu caráter à imagem do Pai, fazendo-o semelhante a uma pedra preciosa, habilmente lapidada pelas mãos do Criador.
Na luta entre a Luz e as trevas, o diabo, seus demônios e todos quantos creram em suas mentiras, serão definitivamente separados e lançados no tormento eterno do lago de fogo. Não queira ser filho do diabo e herdar a condenação eterna. Venha para Jesus Cristo, abrace as promessas de Deus feitas através do Evangelho e creia na Bíblia Sagrada como o único e infalível manual capaz de reconduzi-lo à presença de Deus.  Quem tem ouvidos para ouvir, ouça o que a Palavra de Deus nos diz. 


Filhos de Deus

Creia em Jesus e seja  filho de Deus
Quem são, afinal, os filhos de Deus, segundo a Bíblia Sagrada?

Você tem que morrer, para Jesus te ressuscitar em novidade de vida!

Há uma geração que amaldiçoa a seu pai, e que não bendiz a sua mãe. 
Há uma geração que é pura aos seus próprios olhos, mas que nunca foi lavada da sua imundícia. 
Há uma geração cujos olhos são altivos, e as suas pálpebras são sempre levantadas. 
Há uma geração cujos dentes são espadas, e cujas queixadas são facas, 
para consumirem da terra os aflitos, e os necessitados dentre os homens.

Olhai as aves no céu


Olhai as aves no céu

Observe as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai Celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas?” - Mateus 6:26

Você já viu um pássaro numa árvore tendo um ataque de nervos? Ou andando de um lado para o outro, dizendo: “Onde vou arranjar minha próxima minhoca? E se Deus parar de criar minhocas hoje? Não saberei o que fazer...
Provavelmente vou morrer de fome. (...) e se não achar nenhuma palhinha para construir meu ninho?” E se...? E se...?
Jesus disse: “Observe as aves!” Elas não estão sofrendo um ataque de nervos! Toda manhã, elas acordam cantando e voam livremente.

Fé em ação


Fé em ação



Fé é...
Libertação, Conversão, Cura e Salvação
A Mulher com o Fluxo de Sangue”

E eis que uma mulher que havia já doze anos padecia de um fluxo de sangue, chegando por detrás dele, tocou a orla da sua veste,
Porque dizia consigo: Se eu tão-somente tocar a sua veste, ficarei sã.
E Jesus, voltando-se e vendo-a, disse: Tem ânimo, filha, a tua fé te salvou. E imediatamente a mulher ficou sã”. Mt 9:20-22

Esta mulher tinha um mal incurável. Uma provável desordem menstrual a tornava ritualmente impura (Lev 15:25-27), excluindo-a da convivência social. Em seu desespero, tendo gasto tudo que possuía com os médicos, ouviu falar que Jesus, o Messias prometido, estava ali perto, curando a muitos. Creu nesse testemunho que muitos davam de Jesus e buscava tocá-lo, desde então. Mas sabia que, se o tocasse, segundo a Lei judaica, também Jesus seria considerado "imundo". Não obstante, venceu o próprio medo, tocou-o por fé e, no mesmo instante, sarou.
Deus ausente, males presentes
Já naqueles dias prevalecia o senso comum de que as doenças e outros males tornam uma pessoa imunda aos olhos de Deus, afastando-as dEle irremediavelmente. Mas, ao contrário, Jesus mostra que veio ao encontro dos enfermos, dos prisioneiros e encarcerados do diabo, que estavam perecendo, para curá-los e libertá-los, anunciando ao mundo inteiro a chegada do Reino de Deus(Lc 9:2). Jesus está sempre pronto a nos socorrer, razão pela qual os problemas não devem ser encarados como rejeição de Deus, mas como uma oportunidade para Jesus manifestar seu poder em nossas vidas, trazendo cura, libertação e salvação (Ml 4:2). Ao contrário do diabo e seus demônios, que vieram matar e destruir, Jesus veio nos dar vida, e vida com abundância. Também não é correto pensar que Deus está fechado aos pecadores e aberto somente à oração dos justos. Ao contrário, diz a Bíblia Sagrada: Pereceu da terra o homem piedoso, e não há entre os homens um que seja justo. Por isso, disse Jesus: Não vim buscar os justos, mas os pecadores ao arrependimento(Mt 9:13). Portanto, todos são reputados por Deus como pecadores até que, humildemente, aceitem a pregação do Evangelho e se convertam. Deus não odeia o pecador, mas o pecado que ele pratica por falta de entendimento. Por isso precisamos dar ouvidos ao que Jesus tem a nos ensinar. Só assim o pecador entende o por quê da necessidade do arrependimento, da necessidade de mudança de ação e de pensamentos, para, então, alcançar a misericórdia divina. Foi o que essa mulher fez. Ela, ainda que imunda segundo a Lei, ouviu a pregação da Palavra de Deus e foi ao encontro de Jesus. A pregação da Palavra de Deus tem esse poder: gerar fé nos corações e movê-los em direção a Jesus Cristo. E todos quantos o tocam, alcançam Graça e Misericórdia, perdão, cura, libertação, Salvação.
Os justos perante Deus
Todos quantos se julgam justos, se justificam constantemente diante dEle baseados em suas próprias condutas, que consideram irrepreensível. Com isso rejeitam a oferta de Salvação de Jesus, se recusando a aceitar o que a Bíblia afirma: que “todos pecaram” e, por isso, “destituídos ficaram da glória de Deus”.
Todos necessitamos da Salvação de Jesus Cristo
Se todos pecaram, todos precisam da Salvação, mesmo os que se consideram justos. Em outras palavras, os que se consideram justos se baseiam em suas filosofias próprias(nunca matei, nunca roubei, nunca fiz nada de errado) e, com isso, invalidam a Salvação de Cristo, fechando para si a porta do céu. Dotadas de honra e moral próprios, se esquecem que Deus estabeleceu um caminho estreito. Nele se considera justo aquele que se arrepende de estar rejeitando ao único e verdadeiro Deus, que está em Jesus reconciliando o mundo consigo mesmo. Estar fora desse caminho estreito é estar fora da presença de Deus. Todos quantos se julgam merecedores do céu, baseados em suas obras justas, também pecam, desacreditando do sacrifício de Jesus como preço de pagamento dos nossos pecados. Descrêem que os pecados do mundo inteiro recaíram sobre Jesus Cristo, que morreu em nosso lugar para nos dar a chance de recomeçar, agora diante e na presença de Deus, livres das influências e consequências malignas do pecado: 'Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?. Nem eu te condeno; vai-te e não peques mais.(Jo 8:10-11)
Obras antes e depois da Salvação
Se a salvação fosse por boas obras, diz a Bíblia, ninguém seria salvo(Rm 3:23). E, se as obras boas fossem meritórias para a salvação, segue-se que Jesus morreu em vão. Mas, as obras boas que se seguem à conversão a Cristo representam os frutos dignos de arrependimento e os frutos que saltam para a vida eterna, sem os quais o cristão não será considerado verdadeiro, mas hipócrita e partidário da raça de víboras que João Batista descreve em Mt 3:7.
O que nos afasta de Deus
Portanto, é o senso de justiça própria o que realmente nos afasta de Deus. Não as doenças e os problemas, e nem mesmo os pecados. Então, é melhor deixar de lado o senso de justiça baseado em filosofias humanas, e reconhecer que necessitamos muito da ajuda de Jesus Cristo em todos os planos de nossa vida. E lembre-se: nossos problemas são a oportunidade que temos de chegar à presença de Deus, quando oramos em busca de solução. Já é um começo, um momento de humilhação e de aproximação com Deus. E Ele, sempre pronto a nos ajudar, com certeza ouvirá. E, muito mais do que pedimos ou pensamos, podemos dEle alcançar(Ef 3:20).
O bem mais precioso: a Salvação
Quase sempre Deus é buscado para solução de problemas materiais, males físicos, etc. Fica esquecido da maioria que o real e verdadeiro problema da humanidade é espiritual: necessitamos urgentemente de Salvação. Sem ela podemos viver na terra, mas sem ela não podemos entrar no céu. Jesus cura sim, mas também salva, tornando o homem apto a ser um futuro cidadão celestial. E a Salvação é, justamente, o bem mais precioso que Deus pode nos dar. Tudo o mais que Ele nos conceder ou fizer, serão bênçãos para irrigar e fortalecer nossa fé. Então, coloque sua fé em ação, e toque em Jesus através da sua oração: muito Ele tem a te dar. Quem sabe um dia você agradecerá a Deus pela enfermidade, se foi ela que te conduziu à presença de Jesus Cristo, e, através dEle, alcançaste a Salvação. Nenhum ser humano está suficientemente longe do olhar de Deus que não possa ser visto, nem Deus está impassível ao sofrimento humano, mas todos estamos ao alcance do toque amoroso de Nosso Senhor Jesus Cristo. Nesse nome há poder. Toque nEle você também. Ele está bem próximo de você, nesse exato momento, bem aí, ao teu lado, esperando que sua fé entre em ação e, em oração, abra a Ele seu coração. Aí, então, Ele poderá agir na sua vida muito além de tudo que você possa pedir, imaginar ou esperar. E, quando Ele te curar, lembra-te:

'Eis que já estás são; não peques mais, para que te não suceda alguma coisa pior”.
Jo 5:14

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Aqui Estar os Pastores Participando da 4ª macha para Jesus Cristo na Cidade de Itacaré Bahia brasil

                               Aqui o Pastor Carlos, Pastor Edinaldo e o Pastor Jota Carlos
                                        As Irmas na Alegria do Espirito Santo
                                         A banda Essência da Adoração
                                      Aqui o Pastor Cirilo Presidente da OMEDI




















sexta-feira, 1 de junho de 2012

Vencendo as afrontas do inimigo

Daniel – 3: 13 a 19
13. Então Nabucodonosor, com ira e furor, mandou trazer a Sadraque, Mesaque e Abednego. E trouxeram a estes homens perante o rei.
14. Falou Nabucodonosor, e lhes disse: É de propósito, ó Sadraque, Mesaque e Abednego, que vós não servis a meus deuses nem adorais a estátua de ouro que levantei?
15. Agora, pois, se estais prontos, quando ouvirdes o som da buzina, da flauta, da harpa, da sambuca, do saltério, da gaita de foles, e de toda a espécie de música, para vos prostrardes e adorardes a estátua que fiz, bom é; mas, se não a adorardes, sereis lançados, na mesma hora, dentro da fornalha de fogo ardente. E quem é o Deus que vos poderá livrar das minhas mãos?
16. Responderam Sadraque, Mesaque e Abednego, e disseram ao rei Nabucodonosor: Não necessitamos de te responder sobre este negócio.
17. Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei.
18. E, se não, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste.
19. Então Nabucodonosor se encheu de furor, e mudou-se o aspecto do seu semblante contra Sadraque, Mesaque e Abednego; falou, e ordenou que a fornalha se aquecesse sete vezes mais do que se costumava aquecer.

Introdução

Com certeza este é um dos grandes relatos bíblicos, no que se diz respeito a milagres realizados por Jeová, que ficou registrado para a história da humanidade. Sei que os amados irmãos já presenciaram outros tantos pregadores ministrarem sobre esta passagem, e quero ser eu ser mais um a enriquecer seus conhecimentos com esta singela mensagem, mas vinda do profundo coração de Deus.
Quando esta mensagem foi ministrada na Igreja onde pastoreio, foi um shekina do céu, pois a palavra de Deus é realmente maravilhosa. E nesta palavra quero que cada leitor aprenda a manter-se firme diante das afrontas do inimigo, pois saiba que maior é aquele que está conosco do que aquele que está no mundo.
Saiba que quando o inimigo se levantar para te encarar, querendo te afrontar, você irá olhar bem firme e responder que contigo ele não pode. Saiba o que fazer quando o inimigo quiser te derrubar, saiba como se portar e ser um verdadeiro vencedor, pois há nesta mensagem detalhes, que estes três jovens em suas atitudes nos ensinam e que eu aprendi e vou sempre colocar em prática em minha vida. Vença e seja um vencedor.

Um grande inimigo

Gostaria de falar um pouco sobre o inimigo que se levantou contra três jovenzinhos, cujos nomes hebraicos eram Hananias, Misael e Azarias, que ao serem deportados para Babilônia, receberam os nomes de SADRAQUE, MESAQUE e ABEDNEGO.
Lá se destacaram pela inteligência, humildade e honestidade (Dn 1:17), tornando-se eles assistentes do rei Nabucodonosor (Dn 1:19), este era quem os afrontaria.
Nabucodonosor era filho de Nabupolassar, homens tremendo atrevidos, grande conquistadores, pois ele e seu pai conquistaram em dezenove anos, quase todo o mundo habitado da época. Eram totalmente atrevidos, pois se levantaram contra a cidade do Deus vivo, Jerusalém, derrubaram seus muros e entraram no templo do grande Deus, roubaram os vasos do templo e levaram para Babilônia, e colocaram no templo de seu deus.
Nabucodonosor restaurou a torre a torre de Babel, com 260 m (duzentos e sessenta) de altura. Quarenta e dois reis que passaram antes dele não tiveram coragem, mas Nabucodonosor reconstruiu e a dedicou a "Marduco", patrono da Babilônia.
Nabucodonosor também criou os jardins suspensos da Babilônia. Uma das sete maravilhas do mundo antigo, e o deu para sua esposa, ela que foi criada em Midiano, uma região do interior, uma área rurícola, se sentia um tanto deprimida vivendo na grande Babilônia, o nome dela era Amoai.
Nabucodonosor também fez a maior caixa d’agua do mundo, com 265.800m2 (duzentos e oitenta e cinco mil e oitocentos) e 60m (sessenta) de profundidade, e investiu muito na irrigação. E também devemos falar das muralhas da Babilônia, que eram maiores que as muralhas de Jericó, pois tinham 42m (quarenta e dois) de largura por 20m (vinte) de altura. Sim, ele era um homem atrevido e audacioso.
Certo dia Nabucodonosor resolve ser adorado com um deus e então manda fazer uma estátua de ouro, não de bronze como muitos, ou de ferro, mas de ouro para ser adorado por todos. Então o rei faz um decreto, marcando a data, e naquele decreto estava registrado que aquele que não se curvasse diante da estátua seria jogado na fornalha de fogo ardente.
Então chega o grande dia, e Nabucodonosor reúne todos os tocadores e seus instrumentos na praça central esperando o momento da adoração. E quando chega o momento todos se curvam, exceto três jovens, adivinham que eram. Diante dessa situação um linguarudo chega e relata o fato ao rei, que estava com o orgulho no ápice, mudando o semblante do rei, que ficou furioso, mandando chamar a Sadraque, Mesaque e AbedNego.
Lá vem os três, tranqüilos, sorridentes, cantando um hino "só o Senhor é Deus...só o senhor é Deus, cantemos com muita alegria dizendo que..." Quando chegam diante do Rei, Nabucodonosor tenta lhes dá uma nova chance, porém os ameaça dizendo se eles não se curvarem seriam jogados na fornalha, e qual seria o deus que poderia livra-los da sua mão e da fornalha. Quer saber qual foi a resposta? Eu te digo! Eles disseram: "olha rei Nabucodonosor, se Deus vai nos livrar da fornalha, nós não sabemos, mas uma coisa nós já sabemos, é que não vamos nos curvar diante da sua estátua". E hoje tem tantos homens se curvando diante de tanta coisa por ai! Agora eu te pergunto. Não seria mais fácil os três terem ajoelhado e aproveitado para orar e louvar a Jeová naquele momento? Eles não seriam jogados na fornalha e estariam bem com o rei! Mas um crente verdadeiro não trai sua própria consciência.
Bom o resto da história creio que todos já sabem, pois além de inúmeras pregações, temos ainda hinos que relatam a história. Mas diante desse tão lindo relato bíblico, eu gostaria de lhes mostrarem pelo menos seis considerações que lhe colocarão em pé os fazendo vencer AS AFRONTAS DO INIMIGO.

Vencendo as afrontas do inimigo

Eu poderia ficar horas relatando os pontos de mensagem que me chamam a atenção nesta passagem bíblica, mas creio ser estes seis os mais importantes para que cada um de nós fique em pé diante do inimigo e possa sair da fornalha sem nem cheiro de fumaça em nossos cabelos com foi com os três irmãozinhos, e o mais gostoso, passear no meio da fornalha junto com o quarto Homem.
  1. Viva sem acusação
    Dn 1:19 - E o rei falou com eles; e entre todos eles não foram achados outros tais como Daniel, Hananias, Misael e Azarias; portanto ficaram assistindo diante do rei.
    Estes jovens já eram verdadeiros servos de Jeová antes mesmos de serem levados para a Babilônia, e não se deixaram contaminar, não foi achada nenhuma acusação contra eles, durante todo o tempo em que estiveram no palácio de Nabucodonosor.
    Ande pelo mundo mais não se contamine com o mundo, viva uma vida onde todos olhem para você e te vejam como um referencial de cristão, pois hoje tem crente devendo até no centro de macumba, e querem que Jeová tenha compromisso com eles na hora que entrarem na fornalha. Verdadeiramente se mostram verdadeiros idiotas. Pastores que estão achando que são donos da igreja, e eu aprendi que Jeová deu pastores para igrejas e não igrejas para pastores. Também são pastores idiotas.
    Procure levar uma vida honesta com os homens e com Deus, não se esquecendo que a bíblia diz que aquele que não cuida de sua casa, como cuidará das coisas de Deus, então se você não consegue ser um bom testemunho na rua onde você mora, como quer ser um exemplo dentro de sua igreja. Viva sem acusação, viva uma vida honesta, e seja um testemunho vivo, esse é o primeiro passo.
    Aqueles três irmãozinhos sabiam no que acreditavam, e jamais se curvariam como a multidão. E o que falar de pastores que se curvam diante do dinheiro, procurando somente pregar dízimos e ofertas, roubam a igreja, mas são presos no exterior e ainda querem enganar a verdade, e acabam entrando na fornalha sozinhos.
  2. Recuse seguir a multidão
    Dn 3:12 - Há uns homens judeus, os quais constituíste sobre os negócios da província de Babilônia: Sadraque, Mesaque e Abednego; estes homens, ó rei, não fizeram caso de ti; a teus deuses não servem, nem adoram a estátua de ouro que levantaste.
    Como eu disse; eles poderiam ter ajoelhado e orado a Deus, mas eles não conseguiram viver com isso, pois eram fieis a Jeová. Mas aqueles três jovens decidiram: "nós não vamos nos curvar a esta estatua como todo mundo esta fazendo".
    Eles viram que a multidão fazia o que era mau aos olhos de Deus. Amados, basta olharmos em volta e veremos o mundo entrando nas igrejas. Eu vou sempre combater isso, não sou quadrado, ou antiquado, mas tenho visto igrejas fazerem festas juninas, e ainda vendendo "crentão", a igreja não precisa imitar o mundo, pois temos um Deus criativo, Ele não é imitador, imitador é satanás. Recuse seguir a multidão, não seja um "Maria vai com as outras", busque direção do Espírito Santo, seja um crente de opinião. Tenho visto igrejas fazendo sessão descarrego, isso é criação do terreiro de macumba, e eu nunca vi meu Deus fazer macumba, Ele faz milagres.
    Não siga a multidão, pois o meu Deus nunca se importou com quantidades, mas sim com qualidades, seguir a multidão é sinal de incompetência pura, é não ter a direção do Espírito Santo, é ser como as ondas do mar, é ser um fracassado. A mulher do fluxo de sangue teve que romper a multidão para chegar até a Jesus.
  3. Mantenha-se firme
    Dn 3:14 a 18 - Falou Nabucodonosor, e lhes disse: É de propósito, ó Sadraque, Mesaque e Abednego, que vós não servis a meus deuses nem adorais a estátua de ouro que levantei?
    Responderam Sadraque, Mesaque e Abednego, e disseram ao rei Nabucodonosor: Não necessitamos de te responder sobre este negócio. Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei. E, se não, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste.
    Meu Deus! Que coisa linda é vermos pessoas que realmente confiam em Deus com tanta certeza. Eles se mantendo firmes, disseram ao rei que se Deus os livrasse Ele era Deus, mas se Deus não os livrasse, Ele continuaria sendo Deus. Hoje vemos pessoas querendo encostar Deus na parede, até mesmo dizendo que ele é obrigado a fazer. Mas não assim que se alcança o benefício do milagre.
    Jeová está buscando, procurando os verdadeiros adoradores que o adorem em espírito e em verdade (Jo 4:23), e isso é adorar a Deus.
    Esta semana minha irmã caçula, que vivia o início de uma gravidez, a qual era muito desejada veio a perder a criança. Foi um sofrimento em toda a família, então eu liguei para ela e não disse: "Deus sabe todas as coisas", quem diz isso é por que não tem uma palavra descente. Mas eu disse a ela:
    "É agora que se deve louvar ao Senhor, no vale é que se louva, na hora da luta é que se deve cantar, pois cantar quando tudo vai bem é fácil, mas o Senhor espera que o adoremos na hora da luta".
    Então em meio às lágrimas, ainda pelo telefone ela começou a cantar. Três dias depois ela estava em casa e quando liguei, ela me disse: Deus deu, Deus tiro, louvado seja o nome do Senhor.
  4. Não tenha medo
    Dn 3:19 - Então Nabucodonosor se encheu de furor, e mudou-se o aspecto do seu semblante contra Sadraque, Mesaque e Abednego; falou, e ordenou que a fornalha se aquecesse sete vezes mais do que se costumava aquecer.
    Imagine você, estando agora diante de um rei que se achava deus, e tinha um histórico de conquistas enorme, como mostramos acima, e de repente seu rosto se transforma, ficando terrivelmente transtornado por ter sido contrariado, e olhando para você, ringindo os dentes. O que você faria? Talvez voltássemos atrás, e resolvêssemos adorar a estátua. Mas eles não tiveram medo de cara feia.
    Amados irmãos. A bíblia diz que o nosso inimigo fica rugindo como um leão em nosso derredor (I Pe 5:8). Tentando nos intimidar, mas ele não vai conseguir se você se apegar ao Deus de Israel, pois você nasceu para ser cabeça e não cauda. Por isso encare seu inimigo no olho e em nome de Jesus diga para ele, que você é mais que vencedor seja enfermidade, seja problema emocional, financeiro, profissional, conjugal. Ele não pode contra aquele que está em Cristo Jesus, pois o Senhor não nos deu espírito de medo, mas de coragem, de força, de bravura (II Tm 1:7), o medo é um demônio que não nos foi dado.
    Creia que você pode enfrentar este problema que você está passando, tenha coragem, como nossos irmãos, que mesmo Nabucodonosor fazendo a maior cara feia do mundo eles ainda puderam ter um sorriso em seus corações, pois eles sabiam que na hora certa Jeová enviaria o socorro, e se ele não enviasse o socorro, cara feia não iria faze-los perderem a benção. Eu sei que você pode, pois o mais pequenino dos crentes, é o maior diante do inferno se estiver firmado no Senhor Jesus.
  5. Esteja pronto para o livramento
    Dn 3:16 - Responderam Sadraque, Mesaque e Abednego, e disseram ao rei Nabucodonosor: Não necessitamos de te responder sobre este negócio.
    Realmente eles confiavam no livramento, embora não soubessem que seriam livres da fornalha de fogo ardente.
    Eu aprendi que existem dois tipos de livramento de Deus para nossas vidas. Deus pode nos livrar DA HORA e NA HORA. Quando ele nos livra DA HORA, nos não ficamos sabendo, e por isso muito possivelmente não daremos glórias a Jeová, e hoje mesmo Ele deve te estar dando livramentos. Mas quando Ele nos livra NA HORA, ai é diferente. Às vezes Jeová permite que desçamos até na fornalha para glorificarmos o seu nome e testemunharmos que ELE É DEUS.
    Quando estamos pronto para o livramento, o Senhor se alegra em envia-lo, mas enquanto ainda não estamos preparados, iremos ficar na prova, na luta, e isso é o que nos deixa desfalecidos diante do inimigo. Tenha certeza que você está pronto, pois seu livramento com certeza já está, mas ele só virá quando você estiver em condições de recebe-lo. A fidelidade e todo o processo de crescimento de Sadraque, Mesaque e abdeNego, os fizeram ficar em condições de receber o livramento da fornalha, e eu tenho certeza que você deseja o seu livramento.
  6. Nunca duvide de Jeová
    Dn 3:17 - Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei.
    Eles sabiam que somente Jeová poderia livra-los não só da fornalha, mas também das mãos do rei, o que me faz ver que então eles tinham não só um problema, mas dois, pois segundo a concepção dos três, Deus os livraria da fornalha, mas depois poderia ser que a fúria do rei ainda não seja contida, devida sua incredulidade, então eles afirmam que Deus também os livraria das mãos do rei em fúria. Isso era uma fé convicta no nome de Jeová, eles não titubearam entre a fé e a incredulidade, mas continuaram certos que Jeová os livrariam. Pois haveria alguma coisa difícil para Deus (Jr 32:27). Então não duvide, creia.
    Hoje vemos um monte de cristão consultando a cartomantes, lendo revistas de horóscopos, e alguns que ainda guardam imagens em casa. Isso é uma vergonha, pois se mostram duvidosos sobre a capacidade do Deus a que servem. Cuidado com a fúria de Deus, ela pode ser fatal a você. Faça como nossos irmãos hebreus, não duvide da capacidade de Deus.
    Em um domingo desses quando pedi que algum irmão desse testemunho de uma benção se levantou o irmão chamado Cleber, ele foi curado de câncer, e a irmã Olívia se levantou e disse eu estava ficando cega e desenganada pelos médicos, mas Jesus me devolveu a visão. Eles não duvidaram.

Conclusão

Mas aquele que perseverar até o fim será salvo. – Marcos 13:13. Persevere no nome do Senhor Jeová, Ele te ama e enviará o socorro.

Efeitos Imediatos do Avivamento

O aspecto mais importante de um avivamento não é a duração do fenômeno de um avivamento em si: é o impacto que gera na igreja e na sociedade e a permanência dessas mudanças.
Nos primeiros seis meses do avivamento ocorrido entre 1904 e 1905, estima-se que mais de 100.000 pessoas foram convertidas. Algumas já eram membros de igreja, mas nunca tiveram uma experiência viva com Deus. Outras eram mais facilmente identificadas como ‘pecadoras’, gente que antes não queria saber de Deus ou da igreja.
O efeito nas vilas, aldeias e locais de trabalho em todo o País de Gales era muito marcante. O ambiente nas minas de carvão, onde grande parte dos homens da região trabalhava mudou completamente. Os mineiros que já tinham de se levantar muito cedo para começar o trabalho, chegavam meia hora antes para a reunião de oração.
O grande vício do povo na época era a bebida alcoólica. Os bares foram esvaziados. Muitos faliram e foram obrigados a fechar as portas. Com a queda no consumo da bebida, houve queda marcante nos índices de criminalidade. A vida nas famílias foi transformada, porque os homens ficavam em casa e davam mais atenção para esposas e filhos.
No avivamento de Gales, pelo que sabemos, não houve curas ou milagres. Não aconteceu nenhuma transformação de água em vinho, mas houve uma outra transformação, mais sutil, porém tremendamente sobrenatural: a transformação de cerveja em roupas e alimentos para as famílias carentes que antes passavam necessidade por causa do vício da bebida.
Um médico foi entrevistado por um jornalista durante o avivamento. “O que o senhor está achando do avivamento?” “Estou achando maravilhoso”, ele respondeu. “As pessoas estão acertando todas as suas dívidas antigas. Contas que achei que nunca mais receberia estão sendo pagas.”
Um batismo de honestidade, um batismo de perdão, um batismo de reconciliação. Nos tribunais de justiça, às vezes não havia casos para serem julgados. A polícia ficava ociosa e, em um lugar, passou a formar quartetos para cantar nas igrejas, para ocupar o tempo.

Pastor e Bacharel em Teologia
José Carlos M. dos Santos

As 3 virtudes da santificação

I Pedro - 1:15 e 16
15. Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver;
16. Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.

INTRODUÇÃO

Nesta mensagem eu gostaria de expor aos irmãos uma condição para ver a Deus, se é que hoje a humanidade se preocupa em ver a Deus. Eu entendo que se o justo viverá pela fé, então a minha fé me condiciona a ver a Deus mesmo nesta vida, pois eu creio em um Deus que é o mesmo ontem, hoje e será eternamente, e sendo um Deus assim, Ele não nos privaria de vê-lo ainda nesta vida, mas falo do ver com olhos espirituais e não os carnais, pois os olhos carnais são corruptíveis.
Eu busco a ver a Deus todos os dias, e a cada dia que se passa eu espero que meu Senhor Jeová se revele para mim (embora Ele se tem feito revelar através da palavra e milagres), pois sei que a vida cristã não é fácil, e se fosse fácil, todos seriam cristãos, pois a palavra "cristão" significa pequenos Cristo. Hoje o que se vê é um monte de gente usando o nome de Cristo, os pseudos cristãos, mas estes adoram a imagens, adoram uma vida mundana, cheia de pecados.
Eu amo os católicos, mas odeio a idolatria que eles praticam, pois fazem festas com muita bebida alcoólica e ainda falam que realizam a "A FESTA DA SENHORA FULANA DE TAL", e ali famílias são destruídas e jovens usam drogas, idiotas, querem enganar a quem?
Santificação. Está é a chave para o sucesso do verdadeiro cristão. Então vejamos o contexto histórico, para que possamos entender melhor a mensagem, uma vez que a hermenêutica diz que "texto sem contexto é princípio para pretexto".
Pedro morreu provavelmente após 64 d.C, depois de Nero incendiar Roma, tendo escrito a Epístola perto do final de sua vida, sendo os anos 60 d.C uma boa estimativa. Silvano, que acompanhou Paulo em sua segunda viagem missionária provavelmente tenha sido o secretário de Pedro na composição da Epístola (I Pe 5:12).
É indiscutível que Pedro tenha sido o autor da Epístola. Assim sendo, o apóstolo Pedro escreve aos irmãos da Ásia menor (Bitína, Ponto, Galáxia e Capadócia), que viviam uma grande perseguição por parte de seus irmãos devidos terem se convertidos e se tornando cristãos.
Mas no capítulo primeiro, dos versículos 3 a 5, vemos Pedro dizendo aos irmãos que existe uma recompensa, uma herança que não se contamina, a vida eterna.

O QUE É SANTIFICAÇÃO?

Realmente o que vem a ser santificação? De uma coisa eu sei, é vontade de Deus para com os seus filhos amados.
A palavra santificação vem do hebraico "kadosh" e do grego "Ágios", que significa SEPARADO. Mas separado do que? Do pecado, a imundícia, dos desejos desenfreados da carne, isso é ser Kadosh.
Através de toda a Bíblia, a santificação tem sido um elemento essencial na relação entre Deus e seu povo. Esta qualidade de ser separado do pecado é uma característica fundamental da santidade de Deus, que tem que ser desenvolvida como parte do caráter de seus filhos.
Jeová nos quer separado de todo o pecado desse mundo, e como exemplo Ele também se mostra separado daquilo que é mau. Talvez você diga: mas ele é Deus!!! Então eu te digo que Ele mesmo disse que nós somos feitos a sua imagem e semelhança, se Deus disse que nos quer santo, então é por que podemos ser santos, então busque e verá o quanto é maravilhoso se santificar.
Ao longo do tempo a palavra santificação, foi tendo outros entendimentos, tais como pureza, limpeza, bondade, caridade, e isso tudo não são santidade, e sim obrigação de uma pessoa de bom caráter. Mas ao buscar santidade alcançamos um crescimento na vida espiritual, pois a bíblia nos diz que devemos aproximar de Deus, e assim Ele se aproximará de nós (Tg 4:8a). Por isso entre tantas virtudes que alcançamos ao buscarmos sermos Kadosh, eu escolhi três, que na minha concepção são as mais importantes para uma vida na terra, mas com Cristo.

AS TRÊS VIRTUDES DA SANTIDADE

Durante minha caminha ministerial eu aprendi que Deus só responde que busca, e não quem fica parado chorando e clamando. E se buscarmos ter uma vida em constante santificação você com certeza receberá estas virtudes:
  1. A CORAGEM – I Samuel 17
    Vemos neste capítulo que um jovem de cabelos avermelhados, com sardas no rosto, com cerca de 1,60 m de altura, totalmente diferente de seus irmãos que eram altos e fortes, e pertenciam ao exército de Israel. E certo dia este pequeno jovem que se chamava Davi, recebe ordem de seu pai para ir até o campo de batalha. Davi nunca tinha visto uma guerra, então ele se alegra, pois veria os Filisteus derrotados. Mas quando ele chega no local, ele somente vê um bando de soldados Israelitas acuados e com medo de um homem terrível com mais 3 m de altura, era Golias, que três vezes ao dia afrontava os Israelitas.
    O interessante é que Davi nunca teve medo de Golias, e a história você conhece. O pequeno Davi vai até o ribeiro e pega cinco pedras, e eu perguntei a Jeová o porque de Davi pegar cinco pedras se ele o derrubou somente com uma, e Jeová me deu uma mensagem que você poderá ler neste site AS CINCO PEDRAS DE DAVI. E vai ao encontro de Golias. Agora eu te pergunto. O que fez Davi acreditar que acertaria no único lugar em que havia uma abertura no capacete do gigante? Ou, o que fez Davi acreditar que sua força faria a pedra cravar na testa do gigante? Realmente Davi sabia que ele não tinha uma mira tão boa, e nem uma força tão grande, mas ele tinha uma vida de santidade. Enquanto seus irmãos ficavam fortalecendo os bíceps, Davi fortalecia o espírito e dentre todas as virtudes que ele recebeu por ser Kadosh foi a CORAGEM.
    Nada punha medo em Davi, pois ele era Kadosh, e a santidade é o segredo de um homem que quer derrubar gigantes.
  2. A FORÇA – Josué 14
    Neste capítulo vemos um dos dois dentre quase três milhões de pessoas que ao sair do Egito conseguiu entrar em Canaã, Calebe, um grande homem que também dentre todas as suas qualidades teve uma que dentro desta mensagem se sobressaiu.
    Calebe sai do Egito juntamente com seu povo e mais adiante recebe ordem de espiar a terra prometida, assim fazendo juntamente com outros onze homens, sendo um de cada tribo (Nm 13). Porém ao voltarem somente Calebe e Josué trouxeram uma boa notícia, mas o povo prefere acreditar nas opiniões negativas, e então Jeová os leva ao deserto. Mas antes de irem para o deserto, Moisés fala para Calebe que ele herdaria as terras que ele espiou.
    Então o povo vaga pelo deserto por cerca de quarenta anos, e voltam, só que agora liderados por Josué, chegam em Canaã, e o capitão Josué começa a distribuir as terras, quando se levanta um velho jovem, e interrompe o capitão e lhe diz que Hebrom era sua, pois Jeová o havia dito pela boca de Moisés que assim seria, e ele não abriria mão do que era seu por herança.
    Talvez alguém pudesse ter dito que ele já estava velho, mas antes que isso aconteça, Calebe se coloca de pé e diz:
    "Quarenta anos tinha eu, quando Moisés, servo do SENHOR, me enviou de Cades-Barnéia a espiar a terra; e eu lhe trouxe resposta, como sentia no meu coração; E agora eis que o SENHOR me conservou em vida, como disse; quarenta e cinco anos são passados, desde que o SENHOR falou esta palavra a Moisés, andando Israel ainda no deserto; e agora eis que hoje tenho já oitenta e cinco anos; E ainda hoje estou tão forte como no dia em que Moisés me enviou; qual era a minha força então, tal é agora a minha força, tanto para a guerra como para sair e entrar". Calebe era Kadosh, ele se santificava e dentre todas as suas qualidades ele tinha CORAGEM.
  3. A UNÇÃO – I Reis 18
    Este sem dúvida é um dos textos que Jeová mais se alegrou, pois um profeta que mais se parecia com um andarilho, se levanta indignado com o pecado de toda uma nação e se coloca diante do rei Acabe, e diz que não iria chover, enquanto ele não dissesse para que chovesse, era o grande profeta Elias.
    Elias estava apenas colocando em prática o que o próprio Jeová tinha dito em Deuteronômio 28, que se o povo não obedecesse Ele, fecharia o céu, e não choveria sobre a terra. Eu gosto dessa bravura de Elias, quando ele fica indignado com o pecado e usa a verdadeira palavra de Deus para corrigir o povo, coisa que muitos pastores não fazem mais, pois querem encher as igrejas prometendo a prosperidade, então eles omitem a verdade mais importante, A SALVAÇÃO.
    Depois de ficar sem chover por três anos, Elias volta para encarar o rei Acabe e fazer o desafio que mostrará o verdadeiro Deus. Então no momento em que o rei Acabe se encontra com Elias, ele faz uma afirmação em forma de pergunta, dizendo:
    ÉS TU ELIAS, O PERTURBADOR DE ISRAEL??????? Sim, verdadeiramente Elias perturbava o rei, o povo, e a todos que andavam as margens da palavra de Deus (tem um sermão que prego chamado OS CRISTÃOS MARGINAIS).
    Hoje não encontramos mais pessoas que perturbem os pecadores, e que aceitem ter os seus nomes escritos no mural do inferno, com os dizeres: PROCURA-SE VIVO OU MORTO. Precisamos de perturbadores no mundo atual. Pessoas que decidam por serem os agitadores que combatem o pecado e a teoria da prosperidade.
    Elias era Kadosh, ele tinha uma vida santificada, e por isso, dentre todas as suas qualidades de servo de Deus, ele tinha A UNÇÃO.

CONCLUSÃO

Precisamos de SANTIFICAÇÃO. Pois sem ela ninguém verá a Deus, e se você quer ver Deus operar em sua vida e em seu ministério, comece a santificar sua vida agora, pois já não é sem tempo que devemos buscar ver a Deus nesta vida.
O livro de Atos, em seu capítulo 16, nos fala que dois homens Kadosh chegaram em uma cidade, que era mais uma colônia chamada Filipos, e ali expulsaram um demônio do corpo de uma mulher. Esta mulher dava lucro a alguns homens que vendo que ela não adivinhava, pegaram os dois rapazes e os prenderam. Mas então os levaram aos magistrados e disseram as seguintes palavras sobre os dois rapazes:
At 16:20 - Estes homens sendo judeus perturbam a nossa cidade.
Você foi chamado para ser um perturbador, e se até hoje você tem ficado na inércia, já está na hora de se mover. O segredo? SANTIFICAÇÃO.
Busque santificação e certamente verá a Deus.
Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor. - Hb 12:14

Autor: Pr. Alexandre Augusto