Igreja Evangelica Jesus Cristo é o Senhor: Setembro 2014

domingo, 14 de setembro de 2014

Cantora gospel diz que foi estuprada por vários usuários de droga

Cantora gospel diz que foi estuprada por vários usuários de drogas


Geslyane Piassa gravou recentemente um CD de música gospel
A cantora gospel Geslyane Piassa, que esteve desaparecida por cinco dias em Goiânia, foi encontrada no último sábado (6). A adolescente de 16 anos estava enrolada em um cobertor, com roupas masculinas, próxima ao aeroporto da capital de Goiás. Segundo o portal R7, ela tinha marcas de agulhas e estava ‘desorientada’.
Geslyane alega ter recebido uma ligação do produtor musical que cuidava de sua carreira na semana passada, a chamando para ir ao seu encontro. Assim que o encontrou, ela diz ter bebido uma água oferecida por ele, ficando tonta logo em seguida. A jovem diz ter sido depois levada para um motel onde foi abusada por vários usuários de droga da rua. Segundo o R7, Geslyane apresentou um discurso confuso durante a entrevista. Para a mãe, a adolescente disse que ia a um salão de beleza no dia em que desapareceu.
O produtor musical da carreira da jovem e um amigo são suspeitos do sequestro, mas o caso ainda está sendo investigado. O produtor é casado, tem filhos, e ainda não foi ouvido.
Assim que foi resgatada, a cantora foi levada a um hospital para tomar coquetéis para evitar gravidez e doenças sexualmente transmissíveis. A polícia que investiga o caso aguarda laudos para confirmar se houve algum tipo de abuso sexual e mais informações para confirmar se a versão da jovem é verdadeira. A hipótese de que ela tenha ido espontaneamente ao encontro do produtor e também ao motel não foi descartada.

A Espanha é um cemitério da igreja evangélica, analisa líder da Assembleia de Deus no país

Embora tenha percorrido um longo caminho para abraçar o Evangelho, a Espanha traz alguns obstáculos aos protestantes, indica líder religioso.

  • Igreja
    (Foto: Reuters)
    Igreja Católica
Superintendente geral das Assembleias de Deus na Espanha, Juan Carlos Escobar relata que seu país virou um beco sem saída para os evangélicos.
Escobar diz que, com o passar dos anos, o cenário religioso espanhol mudou bastante, virando um "cemitério de pregadores, evangelistas e missionários".
Contudo, ele mostra esperança, e destaca que "eles não são cemitérios de morte, pois têm um terreno fértil para o Evangelho".
Dentro deste otimismo, ele antecipa que tem a intenção de aumentar o número de igrejas, implementando cerca de mil templos até 2020.
"A maior batalha espiritual que podemos fazer contra o diabo é plantar igrejas. [...] É uma agência de Deus", resume ele.
Curta-nos no Facebook 
Ele acrescenta que após o período de "terra seca", agora ele crê em um "poder de ressurreição" das igrejas, visto que ainda há uma relativa expansão.
"Temos visto um crescimento incrível, só não é de forma explosiva, mas se sustenta. Algo me diz que a Espanha está no coração de Deus", afirma.
Contra a análise de Escobar, há o fato de que o protestantismo continua à sombra dos católicos, em evidente maioria entre os espanhóis.
De acordo com dados recentes, o catolicismo romano permanece como a religião predominante na Espanha, abrangendo 70,9% da população.
Por sua vez, os cristãos evangélicos exibem um índice bem menor, com menos de 1% dos quase 50 milhões de habitantes do país.
Visto que a população não-religiosa na Espanha é de 24,6% dos habitantes, as igrejas evangélicas ficam sob o dever de pensar em um plano de revitalização

'Marco Feliciano está fortalecido', revista Exame aponta três evidências que comprovam isso

A Revista Exame, publicação quinzenal da Editora Abril, publicou no dia 10 de abril a matéria intitulada ‘3 evidências de que Feliciano está fortalecido na comissão’. A matéria destaca que uma renúncia passa a ser improvável e que a oposição “não sabe o que fazer” com o apoio a Feliciano que só aumenta. Dias atrás, a Folha de São Paulo publicou um artigo semelhante, de autoria do pastor Silas Malafaia.

  • Comissão de Direitos Humanos
    (Foto: Divulgação/PSC)
    Comissão de Direitos Humanos presidida pelo deputado Pastor Marco Feliciano.
Desde que assumiu a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), o deputado pastor Marco Feliciano tem sido alvo de muitos protestos e críticas. Cultos com o pastor chegaram a ser cancelados e essa semana um casal de lésbicas se beijava enquanto ele estava no púlpito.
Passada a tensão inicial, há veículos de comunicação que tem afirmado seu fortalecimento. A Revista Exame analisa os três pontos, que segundo a reportagem, deixaram o deputado pastor Marco Feliciano mais forte à frente do cargo.
Como primeira evidência, o jornalista Marcos Prates aponta que a Câmara desistiu de retirá-lo da presidência. Em segundo, é relatado que o Partido Social Cristão (PSC) o apoia – com pretensões presidenciais.
“Mas o fato é que o PSC percebe hoje que a polêmica tem lhe rendido frutos e pressionar Feliciano começa a ser prática do passado. Parte do eleitorado vê a situação do pastor como uma defesa intransigente e necessária da família brasileira”, ressalta Marcos Prates.
E o terceiro e último ponto forte acrescentado pelo jornalista é de que tem aumentado o eleitorado e o apoio dos evangélicos. Marcos ressalta que as manifestações em favor de Marco Feliciano “agem como uma espécie de contrabalanço” para o parlamentar.
Curta-nos no Facebook 
Essa semana a Convenção das Assembleias de Deus aprovou uma moção de apoio à permanência de Feliciano na CDHM. O documento será encaminhado para a presidente Dilma Rouseff e a Henrique Alves, presidente da Câmara dos Deputados.
“Com todas essas evidências, o destino de Feliciano à frente da Comissão ainda pode trazer surpresas e reviravoltas. Neste momento, no entanto, sua permanência parece mais fortalecida que há alguma semanas. E ele também mostra que está mais cauteloso”, finaliza.
“Pergunto: se a oposição pode acusar os que discordam deles de homofóbicos e racistas, por que o povo evangélico não pode chamar essa perseguição de evangelicofobia? Dentro desse Estado democrático de direito, onde a maioria é cristã, a democracia só vale para a minoria? O fato é que os ativistas gays e seus defensores não suportam o debate. Pode-se falar mal do presidente da República, do Judiciário, dos católicos, dos evangélicos, mas, se criticarmos a prática homossexual, somos rotulados de homofóbicos”, falou Silas Malafaia em apoio a Feliciano em artigo publicado na Folha de São Paulo. O artigo é intitulado ‘Marco Feliciano é a bola da vez’.

Cristão ortodoxo, o presidente da Rússia estaria sob influência de Satanás, diz alto clero da Ucrânia

Através de comunicado divulgado neste sábado (6), o patriarca ucraniano Filaret observou que o presidente russo Vladimir Putin caiu sob feitiço de Satanás, sendo o culpado pelos conflitos entre forças ucranianas e rebeldes pró-Rússia no leste da Ucrânia.

  • Vladimir Putin
    (Foto: Reuters)
    Vladimir Putin, presidente da Rússia.
Voz influente no alto clero da Ucrânia, Filaret comanda o Patriarcado de Kiev, ramo da Igreja Ortodoxa que rompeu com a Rússia em 1992, após a declaração de independência da Ucrânia.
Por seu desligamento com a Rússia, o clero ucraniano é rival do Patriarcado de Moscou, além de defender fortemente a nacionalidade de seu país e ir contra o separatismo.
Invocando Caim, filho primogênito de Adão e Eva conhecido por matar seu irmão, Abel, segundo o Velho Testamento, Filaret ressaltou que vê muitas semelhanças entre Putin e Caim.
"Assim como o primeiro fratricídio da história cometido por Caim, várias ações mostram que o governante mencionado (Putin) caiu sob ação de Satanás", disse o patriarca em seu comunicado.
O próprio comunicado deste sábado (6) foi intitulado de "Novo Caim", lançado no primeiro dia de cessar-fogo entre forças ucranianas e rebeldes separatistas, que já causaram cerca de 2.600 mortes através do combate.
Curta-nos no Facebook 
Por sua vez, batizado como cristão ortodoxo, Putin forja laços estreitos com a Igreja Ortodoxa da Rússia, tendo a congregação como valioso aliado contra o que ele enxerga como mundo ocidental decadente.
E apesar das acusações de Filaret, Putin nega ter alimentado o conflito, o envio de tropas russas para a Ucrânia ou o armamento de separatistas.
No entanto, o patriarca ucraniano garante que o discurso do presidente russo é baseado em "mentiras cínicas" e pede que seus fiéis ortodoxos rezem para que Putin "caia em si", para que ele não enfrente "um fim desonroso e condenação eterna ao inferno".

sábado, 13 de setembro de 2014

Filme de Angelina Jolie desaponta evangelista por omitir a fé cristã do protagonista

O evangelista Greg Laurie conheceu bem Louis Zamperini, herói da Segunda Guerra Mundial e ex-atleta olímpico, falecido no último dia 2 de julho. Por meio de entrevistas, os dois passaram tempo juntos, antes de Laurie dizer que ficou desapontado ao saber que o filme baseado na vida de Zamperini não vai incluir a história de sua fé em Jesus Cristo.

  • angelina
    (Foto: Reuters/Neil Hall)
    Angelina Jolie em sua primeira aparição pública na première do filme "World War Z", do marido Brad Pitt, após a dupla mastectomia preventiva à qual se submeteu no início de 2013. Em meados de maio, a atriz explicou, em um artigo no The New York Times, os motivos que a levaram realizar as cirurgias.
O filme da Universal Pictures é dirigido por Angelina Jolie, seu terceiro filme como diretora, e está programado para lançamento nos EUA durante o dia de Natal. No entanto, a ausência da jornada espiritual de Zamperini foi criticada, por não seguir o livro Invencível - Uma história de sobrevivência, resistência e redenção”. A obra lançada no Brasil em 2012, e escrita por Laura Hillenbrand, inspirou a história do longa-metragem.
“Estou desapontado que a diretora [Angelina] Jolie optou por deixar essa parte vital e essencial da vida de Louis Zamperini fora deste filme tão esperado”, diz Laurie, que é talvez mais conhecido por liderar as Harvest Cruzades (um mega evento evangelístico nos EUA).
Ele ainda relatou ao The Christian Post recentemente: “Para mim, a parte mais incrível de sua história não é apenas ele sobreviver às agressões incompreensíveis no campo de prisioneiros japonês, ou ter ficado à deriva no mar por mais de 47 dias. Foi o fato de que Louis se tornou capaz, por conta de sua recente conversão à fé cristã, de voltar ao Japão para os próprios guardas que o maltrataram e perdoá-los, bem como falar a eles de Jesus Cristo”.
Laurie disse que foi um privilégio passar um tempo com Louis e publicamente e “ouvir sua história de vida incrível de novo e de novo”.
“Sua retenção de memória e atenção aos detalhes eram simplesmente notáveis”, disse ele.
Curta-nos no Facebook 
Quando perguntado pelo CP se era mesmo possível contar a história de Zamperini, sem mostrar sua entrega a Cristo, Laurie disse que a história poderia ser contada, mas o filme não estaria completo.
“O fato é que, se Louis Zamperini não tivesse conhecido Jesus Cristo, em uma [conhecida nos EUA, como] Cruzada de Billy Graham, sua história poderia ter terminado de maneira muito diferente”, explicou Laurie.
“Sofrendo de grave TEPT (transtorno de estresse pós-traumático) e mergulhando no alcoolismo, Louis poderia facilmente ter morrido”.
“Mas sua vida mudou. Ele foi, como ele me disse pessoalmente, ‘instantaneamente curado do seu TEPT’”, assim como da sua dependência de álcool. Quando entrevistei Louis na frente de mais de 45 mil pessoas no Dodger Stadium, ele estava muito mais interessado em falar sobre sua conversão durante a 23ª Cruzada de Billy Graham, do que das suas façanhas incríveis. Louis Zamperini usou sua história como uma ponte para contar a "maior história já contada", a história de Jesus Cristo ".
Laurie disse que ainda está ansioso para ver a adaptação em filme do livro Invencível.
"Talvez nós, como crentes poderíamos usar [o filme] como um trampolim para contar o resto da história surpreendente de Louis Zamperini, que culminou com a sua conversão e da dedicação do resto de sua vida a contar aos outros sobre Jesus", disse ele. "Louis é um verdadeiro herói americano e um seguidor compromissado com Jesus. Ele correu sua corrida bem, não só nos Jogos Olímpicos de 1936, mas também na vida. Sem dúvida, ele já ouviu o Senhor dizer: ‘Muito bem, servo bom e fiel’”.
Embora a história de conversão de Zamperini é deixada de fora, existem algumas referências à fé destacadas no trailer do filme, como um pastor pregando a um jovem Zamperini: “Não importa quão escuro seja, quão fracas as nossas esperanças, a luz sempre virá após as trevas”, diz o ministro no filme.
"Pode ser um grande filme", disse o crítico de mídia cristã Ted Baehr, mas não sem a história de sua "libertação espiritual", que é tão importante quanto a sua libertação do cativeiro físico.

Giro Gospel

  • Pobre catador
(Foto: Reuters)

Fé, família e trabalho ajudam a combater a pobreza, diz deputado norte-americano

Por Luciano Portela
Steve Southerland, representante do estado da Flórida, extremo sul dos EUA, disse no último dia 9 de setembro, que acredita que o foco na fé, família e trabalho são as chaves para combater a pobreza.

Vladimir PutinCristão ortodoxo, o presidente da Rússia estaria sob influência de Satanás, diz alto clero da Ucrânia

Por Luciano Portela
Através de comunicado divulgado neste sábado (6), o patriarca ucraniano Filaret observou que o presidente russo Vladimir Putin caiu sob feitiço de Satanás, sendo o culpado pelos conflitos entre forças ucranianas e rebeldes pró-Rússia no leste da Ucrânia.

Cantora Gospel

Cantora Gospel foi sequestrada e diz ter sido estrupada

A adolescente Geslyane Piassa, de 16 anos, disse que durante os cinco dias em que esteve desaparecida em Goiânia (GO) foi estuprada por vários usuários de droga e que teve o cabelo cortado. Ela estava desaparecida havia cinco dias e foi encontrada enrolada em um cobertor em uma praça próxima ao aeroporto de Goiânia (GO), no último sábado (6). Ela estava desorientada, com marcas de agulhas nos braços. 
A vítima contou em entrevista que recebeu uma ligação do produtor musical marcando uma reunião. Assim que o encontrou, ela bebeu uma água oferecida por ele e passou a ficar tonta. Depois foi levada para um motel e não lembra direito o que ocorreu, mas diz que foi abusada por vários usuários de droga na rua. Geslyane foi encontrada com roupas de homem e, durante a entrevista, apresentou um discurso confuso. 
A delegada que investiga o caso informou que ela será ouvida na tarde desta segunda-feira (8) e que uma psicóloga deve acompanhar o depoimento. A polícia já considera o produtor musical e um amigo como suspeitos. O produtor é casado, tem filhos, e ainda não foi ouvido. A polícia disse que investiga o caso e que ainda não pediu à Justiça a prisão preventiva de ninguém. 
A cantora gravou um CD recentemente produzido pelo suspeito do crime. Imagens de circuito de segurança mostram a última vez que ela saiu de casa. Para a mãe, a jovem contou que ia a um salão de beleza. 


Aqui o 3º Quinta Feira do Poder de Deus na Campanha Vencendo as Advercidades